O Velho

Caminhando...

segunda-feira, dezembro 24, 2007

Clara luz

Eis que surge em minha frente essa menina de luz. Sorriso de lua crescente, jeitinho de molequa, olhar incompatível a qualquer forma de indiferença. E, como toda musa que se prese, inalcançável (Tem namorado e eu não gosto de destruir relacionamentos). Mesmo assim, a fascinação é uma benção irresistível. É um mar maravilhoso de sensações impossíveis de serem negadas.

 

Foi num Auto de Natal que pudemos nos conhecer melhor. Ela, como atriz, eu como músico. Como foi difícil convencê-la a me olhar! Tantos sentimentos e ela séria, concentrada nas danças. Eu, bobo, fascinado. Com o tempo as coisas foram melhorando, e eu fui ficando mais bobo ainda...

 

Difícil saber o que acontece no coração de Clara. Quais são seus medos, suas angústias. O que a fascina? Como entrar dentro de seu sentimento, dentro de sua emoção? Tentei de tudo, juro, dentro do meu limite. Ela sabe muito bem que mexe comigo, mas não é só comigo. Impossível é não gostar de Clara. Fuço os recados no Yogurte dela e vejo outros peixes fascinados com sua rede, todos babando pela sua magia de luz. Pelo encanto de seu sorriso simples, de seu talento raro, de sua voz ora doce, ora acre-doce.

 

Amo cada defeitinho dela, pois me mostram que a musa é humana. São raros e são pequenos, mas revelam que não é feita só de éter. Que o pélago profundo também pode dar pé. Pois sei que o que tenho muito dentro de mim poucos homens podem lhe dar, e aguardo ansioso a hora certa de assim fazê-lo. Mas nem tudo são rosas...

 

Ontem a levei para dormir na casa do namorado. Como doeu... Juro que não imaginei que fosse doer tanto. Acho que ela imaginava. Que fazer? Apenas a aguardo, como a terra aguarda a chegada da luz das estrelas. Pode levar, às vezes, bilhões de anos numa viagem direta. Pode levar oito minutos, se vier do astro rei. Mas virá, sei que virá! A clara luz de Clara, meu anjo, minha fortuna, minha sorte e meu azar, há de se fazer brilhante e vibrante como nunca. E farei mais do que lhe prometi: Retribuir em dobro toda a felicidade que dela vier - lhe darei a felicidade antes que imagine ser possível. Cada segundo de minha vida será dela, pois o amor que sinto é anscestral, provindo de outras vidas, de outros sonhos. E o futuro guarda maravilhas maiores, ainda não descobertas, de luz, de amor entre vários de nós, nessa caminhada humana em busca do que há de divino. Pois é com você, Clara, que quero aprender o significado mais profundo do que é amar.

18 Comments:

Blogger Sinto que sei que sou: said...

Realmente doí ver que a pessoa tão amada pertence a outra, mas persista se é o que quer de verdade, pois um dia valerá a pena...
:)

13:56  
Blogger cnartes said...

...

18:48  
Blogger CsO said...

"Amo cada defeitinho dela, pois me mostram que a musa é humana. São raros e são pequenos, mas revelam que não é feita só de eter."

Todos os homens podiam pensar assim hahaha

Essa Clara é uma sortuda ;*

19:16  
Blogger Arlequinal said...

§

Ê laiá... Edinho nunca muda, né?

Mas, como no conto do Mandarim Enamorado (se não conhecer eu te mando depois), o belo do amor é o tempo da espera...

Fora isso, é a guerra dura e crua...

Quanto às saudades, são mútuas...

Sinto muito a falta de todos vocês... e de você e de nossas conversas de gente louca, em especial, rsrs...

Esperava te encontrar no aniversário do Hugo, mas você não foi...

Esperava te encontrar na casa da Licelma, mas não pude ir (compromissos de última hora)...

Temos de agilizar um encontrinho, né?

Beijo grande e obrigada por visitar meu Arlequinal e o ...poste lunar...!

17:03  
Blogger Arlequinal said...

§

Un... amanhã não rola, pois às 19h tem festinha de aniversário do meu sobrinho...

Dia 27 vou viajar, talvez eu volte antes do Ano Novo, não sei... depende de algumas batalhas que serão vividas...

Mas assim que eu voltar entro em contato para nos encontrarmos...

Beijo!

§

17:34  
Anonymous Suseli said...

hahahaha
Eis que quando visito seu sítio de palavras encontro um homem despido e com sentimentos à flor da péle... Parabéns pela entrega e a coragem meu amigo escriba de notas musicais... Drummondniou bonito..Sorte, sempre
Suseli
www.canetasengatilhadas.zip.net

23:19  
Blogger Sinto que sei que sou: said...

Eh verdade , a magia do amor, não havia pensado nisso...
Tem razao em discordar, sinal de que relamnete precisamos conhecer os pensamentos um do outro...

00:08  
Blogger Adriano Veríssimo said...

Olá meu querido!

Valeu pela visita no meu Canto...

Só não entendi o "Sempre metódico".

rs

Forte abraço

09:56  
Blogger Sinto que sei que sou: said...

Bom dia Girassol
Em que sol está girando hoje?

Bjus
:)

11:49  
Blogger Kari said...

Ah o amor!!!! É, é ruim perceber que amamos alguém que pertence a um outro alguém, alguém que não nos quer.
Eu poderia te dizer pra seguir em frente, mas eu não sei se valerá toda a dor.

Obrigada pela vista. E quanto ao texto, quando eu o recebi, estava como do Fernando Pessoa, mas na verdade, já o li como sendo do Vinícios de Moraes (se não me engano).

Beijos

13:03  
Blogger Sinto que sei que sou: said...

Girassol fico feliz que gire em torno de quem realmente ama, acho q até nisso nos parecemos, mas as suas chances com a clara Clara são ainda bem maiores que as minhas com o caro Caso huahuahua

Fico feliz de verdade, te quero muito bem e desejo tudo de bom pra vc e q nunca sofra...tente, lute Girassol, e consiga, tenho certeza de que ela perceberá todo amor que tem dentro de si para dar...você merece ter quem ama, pois sua sinceridade o faz especial e acima de outros e dos outros homens, mas nossa amizade continua e conte comigo para o que precisar, relamente gosto muito de você, coo ja disse antes, e espero que possamos ter uma grande duradoura amizade...

Não tem nada que pedir descupas, quem deveria pedir sou eu, por nao me decidir logo e dizer a verdade, mas tudo agora está bem, sejamos felizes nos caminhos que escolhemos para nós (separadamente)

Bjao Girassol, da gota continua la em cima no céu..

13:21  
Blogger Sinto que sei que sou: said...

Se tem algo que arendi com você e que nunca deixarei escapar é o "arrisque", estou deixando os medos sim, e qualquer dia te conto toda a história sobre o que ainda amo (que nem sei se existe) quando te contar vai entender...é que pelo telefone não dá (pelo menos não aqui no serviço)
Eu sei como é decpeção de não ter tentado, e não a senti só uma vez não...
Agradeço a Deus por te conhecer e por depois de toda confusão do meu eu, poder ser sua amiga e compartlharmos nossas vidas...
Obrigada por todas as palavras bonitas...que mexeram tanto em mim...guardo todas elas bem, para que não fujam...
Boa viajem e boa conversa hoje...
Bjus
:) Girassol amigo

14:13  
Blogger Kari said...

Sim, acho difícil ele trocar e-mail. Mas há quem copie e cole, não é mesmo. Mas enfim... foi a autoria que encontrei...

Até!
Beijos

14:14  
Blogger Adriano Veríssimo said...

Véio! Véio!

Acho que havia entendido o "Metódico", por viver de métodos, padrões, pessoa regrada, mas acho que você se refere a circunspecção, não é isso? cauteloso, cuidadoso...

rsrsrs

Sobre teu post meu querido, eu ou suspeito de falar sobre o amor, o amor é lindo, em qualquer ângulo. Porém nesse caso, eu não seria ético comentar sobre seu post, afinal, iria falar de minha irmã e meu irmão, que é a Clara e o Alê. São meus queridos, e eu não gostaria de deixar a entender em nenhum momento um fio de interferência...Entende?!?
Mas repito " o amor é lindo, em qualquer ângulo "...Mas tenho comigo tb que " O AMOR É SEDE, DEPOIS DE SE TER BEM BEBIDO..."

= )

Abração

15:18  
Blogger Libélula da Noite said...

Aiai... O amor...

Esse Véio é um rapaz galanteador... Goosta de se apaixonar... HUuum.. Mas é bom! Faz um bem neh?!
Faz tempo que não sinto isso... Ando meio mortona por dentro, mas melhorando... A cada dia.. Pouco a pouco...

Ta dificil levantar a cabeça e ver que perdi ele para a outra, que meu emprego ta uma merda, que meu corpo não é igual o da capa da revista, que não trabalho com o que gosto, que não tenho tudo o que quero, que ta tão dificil ser feliz aqui nessa cidade cinza... aiai

To reclamando demais neh?
Tem tanta gente que não tem nada, e ficaria tão feliz por ter o que tenho...
Mas fazer o que? O ser humano é mau agradecido mesmo...

Bom restin de ano proce!

bju

21:23  
Blogger Adriano Veríssimo said...

rs rs

Mais ou menos isso...

a minha interpretação pra essa frase, é o "insaciável", depois que se bebe muito do desconhecido, e mesmo assim se tem vontade, "sede", de ter mais, e mais...Que você tem sede daquela, é pq bebeu, e ainda anseia pelo frescor e a descoberta...

Não sei se fui redundante, ou fantasioso demais. Não estou bem hj para escrever...rs...Mas é assim o amor. Ele é o desconhecido, mesmo depois de uma vida inteira de amores, ela será sempre o desconhecido.

= )

11:50  
Blogger Sinto que sei que sou: said...

Veio volta logo pra me contar as novis

Bjus

:)

16:44  
Anonymous Anônimo said...

Chamo de FDP mesmo, hipocrisia com palavras brandas nao deixa de ser hipocrisia.
Se a pinta tem namorado, mesmo que o relacionamento nao esteja bom, nao interfira.

14:09  

Postar um comentário

<< Home