O Velho

Caminhando...

terça-feira, agosto 12, 2008

O bom filho...

Olha o Véio de volta! Andei sumido, mas voltei.

Estava viajando, rumo ao interior. Lá conheci muita coisa boa, e algumas outras ruins. Certas horas me dava saudade, mas sabia que tinha de terminar o que comecei.

Os dias têm sido generosos comigo, e o sol um bom companheiro. Só ele mesmo pra saber como me animar. Já as noites, de luas transmutáveis, têm sido o oposto de antes. Continuei buscando os cantos obscuros, as sendas misteriosas, as verdades ocultas, mas só quando a luz da deusa do amor apareceu para iluminar o caminho. Sim, porque "sendas misteriosas" podem, às vezes, ser "labirintos sem saída".

Agora vem o mais importante: O que aprendi nessa viagem. O que precisava aprender. Como em toda viagem ao interior, o ensino foi sobre mim mesmo. Mas não a respeito das estradas, nem das sinalizações e, muito menos, dos encontros. Não, foi mais profundo. Aprendi sobre o coração e a mente, sobre o quanto preciso aprender.

Ainda volto a falar sobre isso. Principalmente, sobre a mente. No momento, ficam as impressões de algo que foi muito positivo, que me manteve temporariamente ausente, que me fez entender um pouco mais o que É. Sobre a verdade. E sobre os segredo que devo fazer dessa verdade.

Estou de volta. E isso, por si, já basta.

;-)

6 Comments:

Blogger Simplesmente *Ana* said...

Boa sorte pra você, meu amor nesta viagem.
Eu tambem estou apenas começando a fazer esta viagem e é verdade as vezes da saudade, e vontade de voltar devido as coisas que se encontra pelas estradas e surpresas, as vezes boas as vezes até ruins, mas o mais interessante dessa viagem é nunca querer pegar o caminho de volta, porque a nossa intuição é que no interior há belas paisagens...
Estamos juntos nessa meu amado companheiro!!!
Te amo muito!!!

18:08  
Blogger Kari said...

Que bom que estas de volta!
E que maravilhoso que essa viagem tenha servido para tantos aprendizados... Aprender é sempre bom e, sobre si mesmo, é melhor ainda...

Beijos

12:26  
Blogger Cynthia Lopes said...

Aí, Véio, é isso mesmo, conhecer a verdade liberta!O importante é se apropriar de todos os passos que damos para conhecer e das transformações que provocam em nós.
Um abração

23:42  
Blogger Jéssica V. Amâncio said...

Que maravilha!!! fico feliz de poder te ler novamente!
e mais feliz ainda pelas descobertas que fez em tua viagem!=)
faça bom proveito delas
beijão;*

13:41  
Blogger E&Afins said...

e ai meu caro....tenho certeza que viu muitas luas lindas em sua viagem. abrs

08:33  
Blogger Diana Valentina said...

estar distante é bom.
dar uma pausa nas coisas, olhar pra dentro mais um pouco.
é bom viver assim, sempre se redescobrindo e se renovando.
que bom que voltou.
e eu, ainda estou por aqui!
beijos

20:35  

Postar um comentário

<< Home