O Velho

Caminhando...

quarta-feira, junho 13, 2007

Meu sonho

... e deixou que o sol entrasse em seu quarto finalmente! Os primeiros raios atingiram os lábios doces de frutas secas, petrificando, purificando. Exatamente como no sonho que contou para o vento do mar que invade sua janela toda manhã. Além, a flor, a fonte d'água e seu amigo. E mais nada.

Eu também tenho um amor bem escondido, distante, que a magia tecnológica permite não parecer tanto. Mas é. E o que é a distância, afinal? Pode ser infinita, mesmo a poucos centímetros, antes do toque. Pode não o ser, a quilômetros, depois da fibra óptica.

A óptica que busco é a mais próxima do espírito, com poucos intermediários. Apenas a matéria dos meus olhos e dos teus. Da pele e da boca, do suor. Sem o silício dos chips, sem os quilômetros da estrada, sem o algodão das roupas, sem nada.
Escrito ao som de Madredeus - O sonho, e suas palavras emprestadas.

10 Comments:

Anonymous penny lane beijo...me liga ! said...

deito entre uma palavra e outra e deixo q os sons me cubram, me fecundem, me emprenhem.

11:22  
Anonymous beijo...me liga ! said...

aviso aos navegantes.
somos apenas bons amigos... e isso nos basta !

13:44  
Blogger O PAI DA ISABELLE said...

Já não há limite entre o sonho e a realidade o amor e a fantasia... é por isso que a vida é fantástica mesmo quando temos um amor distante... mesmo que isso seja apenas metáfora...

Abraços,

18:57  
Anonymous O Véio said...

Não é metáfora. Ela tem um lindo blog, escreve divinamente, e já me visitou. Mas acho que fui apressado demais e a assustei.

Essa música, O sonho, é a nossa música. Fiquei ouvindo sem parar... Ai veio esse texto. É, deve fazer muito calor lá no norte, e eu devo ter problemas sérios pra agir de maneiras tão inconstantes, mesmo.

08:54  
Anonymous KG said...

Respondido cá e lá:

"Edinho, aqui é a Suseli... pode crer! Mas por acaso o texto que vc leu é da minha companheira, escriva, irmã e comparsa de crimes hediondos KG... Karina Goda... que a propósito... tb não escreveu aqueles versos por conta de depressão ou coisa do gênero... até porque... textos poéticos, na maioria das vezes, podem ser uma grande emboscada e drible à nossa amiga realidade. Continue fazendo as tranças na cabeleira... e com os instrumentos e canetas em riste, dominaremos o mundo. bjus... Suseli, pra morrer de sonoooooooo, káspita"

11:25  
Anonymous O Véio said...

Respondido da mesma forma que Kg:

"Legal! Mas tô com um pé atrás no caso do cabelo... Quero meus caracóis de volta!! rsrs Será que o boné não entra sem precisar trançar? Não que não tenha gostado da trança, muito pelo contrário! Mas é que gosto do volume. Definitivamente, preciso de um banho capilar urgente!

Valeu, Suseli, por tudo!! Já me disse que não faz por despreendimento, e sim por acreditar na gente. Mas você mora no meu coração mesmo assim! :-P "

19:13  
Anonymous beijo...me liga ! said...

eram 20hs qdo eu entrei em casa e a melhor secretário do lar ever ainda estava às voltas com a organização do meu humilde apartamento (ela havia chegado às 8:30), antes cafofo/pardieiro, abandonado ao pó e ao descaso. resolvi experimentar em minhas próprias gavetas, armários, azulejos, pisos a 8ª maravilha do mundo em termos profissionais, mimosais, cuidadais, eficientais, etc., e valer cada centavinho do investimento. na verdade ñ era bem isso. o serviço vale o triplo, o quádruplo. tô pasma.
agora eu tenho babá de casa. lalaialaiá.
glória, glória, aleluia. hosana na alturas... pq eu mereço !!!

20:08  
Anonymous C.YW said...

Palmas palmas.
O que você escreve me encanta!

22:49  
Anonymous C.YW said...

Não sou muito boa para escritas difíceis. Já vou declarando, que ás vezes minha palavras parecem grosseiras...
Mas não são!
São palavras meio 'rosseiras' isso sim.
Palavras da minha juventude rosseira por isso, crescerei e virarei urbana.
(espero que me entenda)

Naquele seu texto: 'Linha?... Que linhda?!'
Uma frase me encantou e me descreveu. Pelo que entendi foi isso, espero ter entendido certo.

'Choro, porque sorrio demais.'

Não sei se isso cabe a você, mas a mim essa frase cabe milhões de vezes.

SER FELIZ DÓI?

abraços.

22:54  
Anonymous O Véio said...

Nossa, muito obrigado, c.yw!!!


Mas, o que tem de mau em sua juventude "rosseira", heim? E porque se tornar urbana seria um crescimento? O que é o certo e o que é o errado? Acho mais importante a vida, acima de qualquer conceito que se tenha. Adoro poesia de cordel, os filmes do Mazaropi, e danças folclóricas! Por que isso seria inferior ao canto gregoriano?

Muito pelo contrário! Você parece ter um coração puro, de se admirar. Isso, somado à simplicidade, é o mais importante.

Quanto àquela frase, tenho certeza que entendeu certo, apesar de você não ter dito o que entendeu dela! :-P Sei que sim, porque ela quer dizer exatamente o que disse. Eu sou assim, sim! Se você também é, somos iguais, então, nesse aspécto.

Agora, me diz uma coisa: Quem é você c.yw? Não deixou nenhum contato!!

(Seria parente do R2D2?)

;-)

11:37  

Postar um comentário

<< Home